Casa dos Pobres
Casa dos Pobres
Vitória de Santo Antão - PE
CrowdfundingCaridade e FilantropiaONGs
R$ 0,00
Campanha sem meta financeira.

A CASA DOS POBRES, Instituição Filantrópica foi idealizada pelo Dr. MARIO FARIAS DE CASTRO, então, Presidente da UNIÃO DE MOÇOS CATÓLICOS, sediada em Vitória de Santo Antão, Pernambuco, a partir de 16 de Outubro de 1932, por presenciar o quadro alarmante de mendigos e anciãos desprezados pela sociedade; sensibilizado e movido pela caridade cristã, resolveu, juntamente com o grupo acima formado, fundar uma Associação Religiosa de caráter beneficente tendo como finalidade abrigar e socorrer os Idosos (as) desamparados (as), prestando-lhes assistência corporal, moral e religiosa, inclusive, assistência hospitalar, quando necessário, extensivamente aos mais necessitados da cidade e adjacências, buscando resgatar seus valores e dignidade de cidadãos. E, assim, no dia 21 de Dezembro do mesmo ano (1932), conseguiram a aquisição do terreno no local chamado “Sítio da Pitombeira”, aonde foi edificado o prédio que serve de Sede da Entidade CASA DOS POBRES e, ainda uma Capela,. A Escritura foi lavrada no 1º Cartório da Câmara e registrada sob o nº 279, fls.12 do Livro B. No dia 22 de Janeiro de 1933 foi feito o Contrato de Empreitada da construção da Sede, a qual compreende 03 enfermarias laterais, para abrigo dos internos (as); 01 (um) Vestíbulo, 01 (uma) Parte Central com pavimento superior e outras divisões internas, bem como 01 (uma) Capela externa. Aos 04 de Setembro de 1933, o Senhor Presidente da República, GETÚLIO VARGAS em visita a Pernambuco, se fez presente a esta Obra Beneficente ainda em construção, quando o Dr. Mário Farias de Castro pronunciou um discurso, que no dia 05 de Setembro de 1933 foi publicado no Diário da Tarde, jornal da cidade. O Primeiro Estatuto da Casa dos Pobres foi elaborado e publicado em 06 de Fevereiro de 1935 sendo, no mesmo dia, inaugurada Oficialmente e empossada a Primeira Diretoria:

 Diretor Presidente – Cônego AMÉRICO PITA
Secretário – JOSÉ ARAGÃO BEZERR
Tesoureiro – MÁRIO FARIAS DE CASTRO

 Dia 22.02.1935 iniciou-se a distribuição de gêneros alimentícios entre mendigos; para este trabalho foram convidadas quatro (04) Terceiras Franciscanas do RECIFE, para dirigirem internamente a Instituição, as quais permaneceram até 1942, cujo atendimento aos Idosos e Mendigos continuou com muitas dificuldades.

Por isso os dirigentes solicitaram Religiosas do INSTITUTO DAS FILHAS DE MARIA SERVAS DA CARIDADE, também do RECIFE (PE), para assumirem a Direção da Entidade Filantrópica; e, aos 20.02.1948 chegaram as primeiras Religiosas enviadas pelo Senhor Arcebispo, Dom MIGUEL DE LIMA VALVERDE. Em Assembléia Geral feita no dia 29.12.1958, pelo Diretor Presidente AMÉRICO PITA houve a 1ª reforma do Estatuto da Casa dos Pobres e entrega da Direção da mesma, com a aprovação e nomeação do Senhor Arcebispo Dom ANTÔNIO DE ALMEIDA MORAIS JUNIOR, para a Nova Diretoria formada pelas religiosas do citado Instituto: 

Diretora – Madre AMARA GOMES DA SILVA
Secretária – Irmã MARIA SALETE AMORIM
Assistente Ecônoma – Irmã ALBERTINA ALVES DO CARMO

É muito fácil participar.

Finalize em segundos!

Mais de 2 milhões de brasileiros

Pagamento seguro

Parcele em até 12X

Contribua com o que puder porque no financiamento
coletivo 20 reais de cada pessoa faz uma grande diferença!

Fale com a Kickante

A mais completa plataforma de
Crowdfunding do Brasil

R$ 0,00
Campanha sem meta financeira.
Casa dos Pobres
Vitória de Santo Antão - PE
CrowdfundingCaridade e FilantropiaONGs
Campanha lançada em 15/12/2021

Campanha Flexível

+ 2 milhões

de brasileiros participando na Kickante

Mais de 300 milhões de reais

Contribuídos para projetos variados

+ 100 mil projetos

São milhões de brasileiros impactados!

Painel Transparente

Veja o status real de toda contribuição.